QUEM SOMOS

APRESENTAÇÃO

Liberdade. Muitos viveram por ela. Muitos viveram sem ela. Muitos sonharam, lutaram e até morreram por ela. Valor inestimável para a humanidade, a liberdade tem sido causa de guerras e revoluções, tem dado sentido para a vida e para a morte. Ao longo dessa história, a religião, – com seus dogmas, preconceitos e intolerâncias, tem sido vista como perseguidora e limitadora da verdadeira liberdade. Esta nunca foi a proposta de Jesus: um homem livre de preconceitos, que amava as pessoas incondicionalmente, oferecendo-lhes uma nova razão de viver.

A Igreja Presbiteriana Libertas oferece a oportunidade de rediscutir o conceito de liberdade, a partir dos ensinamentos de Jesus Cristo, e também de experimentá-la de forma plena e integral, proporcionando paz, amizade, restauração e um novo propósito pra vida. Como disse Agostinho de Hipona, “o homem é mais livre quando controlado apenas por Deus”.

NOSSA MISSÃO

Ser uma igreja reconhecida por viver e transmitir de forma completa o Evangelho de Cristo e sua graça, fazendo e desenvolvendo discípulos maduros. Queremos ser uma comunidade que fala para o seu tempo, que prioriza os relacionamentos e que acolhe serve a comunidade.

NOSSOS VALORES

Apego à Palavra – Pregação bíblica relevante e contextualizada. Doutrina Protestante Reformada.

Comunhão- Vida em família e evangelização por meio da amizade;

Compromisso – Espiritualidade comprometida diante de Deus e do meio ambiente;

Missionalidade – Uma igreja que compreende ser uma testemunha de Cristo em vida, obras e palavras;

Simplicidade – Um jeito de fazer as coisas sem excesso nem extravagâncias, sem abrir mão da excelência;

Transparência – Integridade na gestão dos recursos;

Acolhimento – Ambiente acolhedor e informal.

PRESBITERIANISMO

Somos parte da Igreja Presbiteriana do Brasil. Isso quer dizer que somos reformados (descendentes historicamente do movimento de reforma liderado por Calvino), calvinistas (entendemos a Bíblia conforme o sistema teológico formulado por ele), e presbiterianos (uma igreja que tem um sistema de governo conciliar). Antes de tudo, porém, somos cristãos, no sentido original do termo, e bíblicos, porque entendemos que acima de qualquer sistema teológico, a Bíblia deve ser a nossa única regra infalível de fé e prática.